DIRECTOR: JORGE LEMOS PEIXOTO  |  FUNDADOR: JOAQUIM LETRIA

No Tal&Qual desta semana revelamos que o número dois da lista da AD às eleições europeias está sob investigação do Ministério Público. E porque gato escaldado de água fria tem medo, Luís Montenegro não quer que os membros do Governo utilizem a aplicação WhatsApp para troca de mensagens sobre assuntos de Estado. O comportamento do Presidente da República é motivo de conversas e de preocupação: que o diga José Miguel Júdice, que considera que Marcelo “está doente”, o que nos levou a perguntar directamente ao chefe do Estado o que se passa com ele. Parece não haver santo que valha à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa: o T&Q descobriu que um deputado, membro da comissão que deve fiscalizar aquela instituição, é simultaneamente advogado de defesa de um dos administradores da Santa Casa. Depois do dr. Nuno, temos o caso do dr. Pedro: Pedro Martinho, filho do ex-provedor da Santa Casa, Edmundo Martinho, que foi o promotor de um descalabro de meio milhão de euros nas contas da instituição.