DIRECTOR: JORGE LEMOS PEIXOTO  |  FUNDADOR: JOAQUIM LETRIA

Finalmente, a ASAE parece que acordou. Tem sido uma roda viva de inspeções nos hipermercados, com levantamento de processos-crime com fartura. Bem me lembro de no início do ano ter escrito para o Tal&Qual a alertar para a especulação que era feita à descarada. E que continua, disso podem ter a certeza. Até porque, assim que as inspeções saem dos ecrãs das televisões, o mais certo é as coisas voltarem ao mesmo.

Claro que depois vêm os donos dos hipermercados afirmar que há desinformação e que as margens de lucro até diminuíram. Lágrimas de crocodilo, cada um chora as que quer. Mas, cá para mim, com os preços pela hora da morte arriscam-se mesmo a vender menos, porque as pessoas já não têm dinheiro para gastar.

Só quem não vai às compras ou tem uma carteira sem fundo, bem recheada, é que pode não dar pelo aumento dos preços dos bens alimentares. Será que é desta que a situação é normalizada e os consumidores, que somos todos nós, podem fazer a sua vida sem ser ‘assaltados’? Confesso que tenho dúvidas, mas a esperança é sempre a última a morrer. A ver vamos.