DIRECTOR: JORGE LEMOS PEIXOTO  |  FUNDADOR: JOAQUIM LETRIA

A SEDES é uma espécie de ‘think tank’ do ‘Centrão’. Muitos dos seus membros já foram deputados, governantes, dirigentes partidários, etc., ao longo de décadas. De vez em quando lá aparece mais uma “reflexão” sobre o modelo de “salvação” do País, quase sempre uma espécie de itinerário para as sempre tão faladas “reformas”. No entanto, há um alerta – a felicidade futura implica “sacrifícios”. Não há (ainda) pormenores sobre os mesmos, mas arrisco-me a antever alguns: despedimentos (ainda) mais facilitados; congelamento de salários; Saúde e pensões de reforma cada vez menos garantidas para todos e cada vez mais “integradas” no negócio de empresas privadas; precariedade nos contratos de trabalho; impostos mais baixos para as empresas; etc. Em suma: os relatórios e estudos podem suceder-se e até parecer novinhos em folha; o problema é que as medidas são, usualmente, sempre na mesma “onda”. Começa, assim, a ser difícil entender que a mesma “elite” que tem governado o País durante décadas e o conduziu até à situação atual tenha agora a “solução” para os problemas que, em grande parte, ajudou a criar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *