DIRECTOR: JORGE LEMOS PEIXOTO  |  FUNDADOR: JOAQUIM LETRIA

Um obrigado muito especial a Rita Ferro pela sua magnífica crónica de 11 de Janeiro, uma análise crua da corrupção reinante. O poder apetece. O poder corrompe, já dizia a minha avó. O dinheiro tem uma cor bonita, sobretudo quando é fácil estender-lhe a mão. Diria que não há tanto falta de competência, felizmente, há sobretudo falta de moral. Faltam pessoas. Dignas.