DIRECTOR: JORGE LEMOS PEIXOTO  |  FUNDADOR: JOAQUIM LETRIA

A manchete desta semana do TAL&QUAL dá-lhe conta da conversa que manteve com o porta-voz de Jair Bolsonaro, o controverso deputado Marco Feliciano, líder de uma poderosa congregação evangélica do Brasil. O porta-voz do ex-presidente brasileiro está a apoiar os evangélicos portugueses que entraram em força no partido ADN e querem levar, nas próximas eleições de 10 de março, a voz da Bíblia para a Assembleia da República. Se há coisa que não se pode acusar Mariana Mortágua é de falta de cuidado com os ‘trapinhos’. Nesta edição revelamos o cuidado com que a líder do Bloco de Esquerda escolhe a indumentária de acordo com cada ‘passerelle’ onde atua. Leia também como as lanchas voadoras, construídas em Portugal, estão a pôr os cabelos em pé à ‘Guardia Civil’ espanhola. Tudo porque as embarcações estão ao serviço dos narcotraficantes no país vizinho. A pressa de Paulo Macedo, o ‘patrão’ do banco público, não está a ser boa conselheira. O presidente da CGD quer ver-se livre da participação que detém no Banco Comercial do Atlântico de Cabo-Verde. As escolhas de Macedo de dois bancos cujo currículo é um autêntico cadastro estão debaixo de olho na União Europeia. O Sr. Televisão, a propósito do novo programa da CNN Portugal, o ‘Contrapoder’ analisa a tensão na Justiça portuguesa entre procuradores e o Ministério Público. Alerta também para que, agora, acabados os debates surgem, todos os dias em nossas casas as ações de campanha, com arruadas, comícios e visitas de porta a porta, onde, muitas vezes a demagogia e as ‘fake,  news’ vão ser o pão de cada dia, principalmente protagonizadas por um candidato especialista nesta matéria. Artur Jorge, o ‘inventor do pontapé de moinho’ que morreu, na semana passada, é homenageado na sua vertente de um homem que sempre soube pensar pela sua cabeça. Uma personalidade que se notabilizou no futebol, mas cuja natureza humana e intelectual, ultrapassou em muito as fronteiras do desporto-rei. Com humor e ironia, o Privadíssimo analisa com sentido crítico os pormenores dos políticos, as suas grandezas e algumas misérias. E no ‘À Espreita’ leia as crónicas do nosso dia a dia. E como sempre, Ferro Curto, com elegância, conta-nos histórias ligadas à ‘festa brava’. A escolha desta semana é Barrancos e a História deste local, nascido à sombra do castelo de Noudar. Joaninha Sousa Botelho sempre à ‘coca’ dos bastidores desvenda os segredos dos nossos famosos do pequeno ecrã. Tudo isto, a partir de amanhã, nas bancas.