DIRECTOR: JORGE LEMOS PEIXOTO  |  FUNDADOR: JOAQUIM LETRIA

A grande maioria dos cidadãos portugueses não usufruem de rendimentos suficientes que lhes permitam adquirir ou trocar de viaturas, talvez porque têm vindo a ser penalizados com impostos que, entre outras coisas, têm servido para financiar entidades cuja gestão é pouco eficiente, e cujos resultados podem suscitar dúvidas ao contribuinte.

Quando o país é surpreendido com a notícia de que o governo se prepara para privatizar a maioria da TAP, ao mesmo tempo a companhia vai adquirir uma nova frota automóvel de gama alta para os seus quadros superiores.

Quando vivemos uma crise que coloca em causa a subsistência de muitas famílias, e não obstante a mesma financiamos de forma dissimulada a transportadora aérea com os nossos impostos, não seria necessária a intervenção do Sr. Presidente da República apelando ao bom senso para se adiar esta aquisição? Porque bastava que os responsáveis daquela entidade pensassem que aos servidores do Estado lhes é exigido que deem os melhores exemplos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *